Automação Comercial

Saiba o número da ambulância quando precisar

Banner Sinergia Brazil
Banner Rancho do Pescador
Banner Melhores Cursos Online

Veja quando chamar ambulância, de acordo com as diretrizes do American College of Emergency Physicians:

  • A condição da pessoa parece ser fatal;
  • A condição da pessoa pode piorar e tornar-se fatal no caminho para o hospital;
  • Mover a pessoa pode causar mais danos ou ferimentos;
  • A pessoa precisa das habilidades ou equipamentos usados ​​por paramédicos ou técnicos de emergência médica;
  • Dirigir causaria atraso significativo na chegada ao hospital.

Ligue para o 192 se achar que você ou outra pessoa está passando por uma emergência médica.

Banner Espaçamento

Como determinar se uma condição é fatal

Decidir chamar ou não uma ambulância é uma decisão que você terá que tomar com base em sua melhor avaliação da situação. Mesmo que você ache que pode chegar mais rápido ao hospital em seu próprio veículo, lembre-se de que a ambulância está equipada para iniciar o atendimento de emergência assim que chegar.

Aqui estão alguns exemplos de condições de risco de morte que exigem uma ambulância. A pessoa:

  • Parece estar tendo um derrame: queda facial, fraqueza no braço, dificuldade de fala, hora de ligar para o 192;
  • Parece estar tendo um ataque cardíaco;
  • Perdeu a consciência, não responde ou não está respondendo adequadamente;
  • Está tendo uma convulsão;
  • Está com falta de ar ou dificuldade para respirar;
  • Está sangrando incontrolavelmente;
  • Está tendo uma reação alérgica grave;
  • Tem queimaduras graves;
  • Engoliu algo venenoso;
  • Tem pensamentos de prejudicar a si mesmo ou aos outros;
  • Tomou muitos medicamentos de propósito ou por acidente, incluindo uso indevido ou abuso de drogas.


Como chamar uma ambulância

O número para chamar ambulância no Brasil é o 192. Ao chamar uma ambulância, faça o possível para manter a calma e falar claramente. Esteja preparado.

  • Forneça o nome da pessoa com a emergência e qual parece ser o problema;
  • Compartilhe as informações de localização e endereço específico, se possível;
  • Diga ao despachante onde a pessoa está localizada, como no quintal ou no quarto do andar de baixo;
  • Forneça o número de telefone de onde você está ligando;
  • Fique ao telefone com o despachante caso ele precise de mais informações.

Se você testemunhar ou fizer parte de uma emergência na estrada, faça o possível para anotar os números dos marcadores da estrada ou os sinais de saída. Determine também em qual faixa e em qual direção ocorreu o acidente para que você possa se comunicar da forma mais clara possível com o despachante.


O que esperar ao chamar uma ambulância

Os paramédicos são capazes de fornecer certos tipos de cuidados no local e durante o transporte, o que pode ajudar a salvar a vida de uma pessoa ou minimizar a dor e o sofrimento. A ambulância particular irá para a sala de emergência apropriada mais próxima com base no nível de atendimento necessário e na disponibilidade de recursos previstos, como acidente vascular cerebral especializado, trauma ou atendimento pediátrico. Uma vez no hospital, a equipe do pronto-socorro determinará quais pacientes serão atendidos primeiro.

Só porque você chega em uma ambulância não significa necessariamente que você tem prioridade. Você será visto com base no nível de necessidade.


Custo de uma viagem de ambulância para o hospital

No brasil a viagem de ambulância é totalmente gratuita, sendo bancada pelo estado, por meio de impostos pagos pelos residentes.


Por que você deve chamar uma ambulância?
  • As ambulâncias são a maneira mais rápida de obter ajuda médica – sem isso, é mais provável que a pessoa morra ou sofra lesões ao longo da vida;
  • Em quase todos os casos, eles o levarão ao hospital, mas poderão tratá-lo onde você estiver;
  • Ainda é muito importante chamar ambulância e obter ajuda médica no confinamento.

Como você chama uma ambulância?
  • Disque 192 de qualquer telefone. É sempre gratuito;
  • Você será perguntado de qual serviço você precisa. Diga “ambulância”;
  • Perguntas que eles farão: “A pessoa está respirando?”, “O que aconteceu?”, “Endereço ou localização?” e “De que número você está ligando?”;
  • Lembre-se de manter a calma. Eles lhe dirão o que fazer e enviarão ajuda assim que puderem.


Como você pode dizer à ambulância onde você está se você não sabe?

Se você não souber o endereço ou código postal, procure por números de casas, nomes de estradas, lojas, pubs, igrejas ou outros pontos de referência.

Baixe esses aplicativos:

  • What3Words – pode fornecer sua localização exata em qualquer lugar do mundo usando GPS;
  • Good SAM Alerter – permite alertar os serviços de emergência. Eles podem ver sua localização e o que está acontecendo por meio da câmera do telefone.


Responda às perguntas da melhor maneira possível

O operador irá pedir-lhe o seu número de telefone. Isso é para que, se a linha estiver desconectada, eles possam ligar de volta. Eles também pedirão seu endereço e a natureza da emergência.

Em seguida, eles farão algumas perguntas sobre a pessoa, como: “Eles são receptivos?” e “Eles estão respirando?”. É importante que você responda o melhor que puder. Se você não sabe a resposta, então diga. Responder a essas perguntas não atrasará a ambulância.

Ao contrário dos filmes, as chamadas 192 podem demorar. Seja paciente com o operador – eles estão tentando o seu melhor para ajudá-lo.

As perguntas que eles fazem são importantes, pois ajudam o operador a avaliar a gravidade da chamada e enviar o nível certo de ajuda de emergência.


Siga as instruções

O operador é treinado para dar instruções simples de primeiros socorros por telefone (como ajudar alguém que não responde e não respira). Mesmo que você não tenha feito nenhum treinamento de primeiros socorros, você ainda pode seguir estas instruções para ajudar a pessoa. Lembre-se, é muito melhor fazer alguma coisa do que nada.


Fique com a pessoa

Sempre fique com a pessoa caso sua condição mude (por exemplo, ela para de respirar ou não responde). Se isso acontecer, é importante que você ligue novamente para o 192 e atualize a operadora.

Manter a calma e entender como pedir ajuda em uma situação de emergência pode salvar vidas.

Conhecer os primeiros socorros básicos pode salvar vidas. Também pode levar algum tempo para as ambulâncias chegarem aos pacientes em estado crítico, especialmente em trânsito intenso ou condições climáticas ruins. Nessas situações, conhecer as habilidades que salvam vidas pode fazer toda a diferença.


Tente falar claramente

Lembre-se que o operador não pode ver a situação. Eles estão confiando apenas no que você diz a eles, falar claramente e explicar a situação os ajudará muito. Tente dar respostas claras e concisas às perguntas que eles fazem.


Devo ligar para a ambulância?

– A vida do meu ente querido está em perigo imediato?’ Em situações de vida ou morte, nunca hesite em ligar para o 192 imediatamente: estes podem incluir falta de resposta, dificuldade em respirar, sangramento grave (acumulação de sangue ou se espalhando rapidamente pela roupa), sinais de paralisia súbita, dor de cabeça intensa inexplicável, pressão ou dor no peito forte, ou confusão súbita e grave. Se a situação não ameaçar a vida ou os membros, pode haver uma maneira mais apropriada de obter o tratamento necessário.

Alguns sintomas ou complicações, como doenças respiratórias ou ferimentos leves, podem ser tratados em um consultório médico ou em uma unidade de atendimento de urgência, em vez de no departamento de emergência.

“O que aconteceria se eu mesmo transportasse meu ente querido (ou outra pessoa o fizesse)?”. Lesões como quedas, danos no pescoço ou nas costas ou feridas profundas podem piorar se a pessoa for movida por alguém que não seja o pessoal de emergência treinado – neste caso, ligar para o 192 é a melhor escolha. No entanto, dedos quebrados ou ossos da perna, entorses e distensões, ou ferimentos menores geralmente não são agravados pelo autotransporte.

“Em quanto tempo meu ente querido precisa de cuidados – e qual será a maneira mais rápida de obtê-lo?”. Se você ligar para o 192, pergunte quanto tempo levará para uma ambulância chegar ao seu ente querido. Em alguns casos, como quando o hospital mais próximo está muito próximo, seu ente querido pode usar com segurança outro meio de transporte. No entanto, enquanto uma ambulância está equipada para realizar alguns procedimentos médicos que salvam vidas, um carro não está. Cada situação é única, portanto, sempre use seu bom senso.

 

Você que é de Curitiba ou de outro estado e precisa de uma ambulância particular, entre em contato: brasilemergenciasmedicas.com.br.

 

Foto Destaque: Divulgação/Brasil Emergências Médicas

Banner Melhores Cursos Online

Sabor à Vida

Portal do Estado de São Paulo com tudo sobre Gastronomia: Notícias, TV, Cozinhas, Bebidas, Técnicas, Artigos, Guia Gastronômico, Receitas, Classificados e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × quatro =