Dieta mediterrânea: o que é e como funciona?

Banner Rancho do Pescador
Banner Cursos de Confeitaria Online

Quem deseja emagrecer está sempre buscando por novas dietas que são vistas como verdadeiras soluções para o processo de emagrecimento! Nessas horas é muito importante procurar uma dieta que faça emagrecer, mas também traga benefícios para a nossa saúde, como é o caso da dieta mediterrânea!

Para ajudar você a entender mais sobre a dieta mediterrânea, preparamos a matéria sobre o assunto. Ficou interessado em saber mais? Então acompanhe agora mesmo!

Banner Espaçamento

Afinal, o que é a dieta mediterrânea?

A dieta mediterrânea é uma dieta baseada na alimentação de países que se banham com o mar mediterrâneo, como é o caso da Itália, Grécia, Espanha e Líbano.

Esses países têm culturas bem diferentes, mas ao mesmo tempo, têm características em comum quando o assunto é o plantio e a colheita dos alimentos.

Toda a dieta mediterrânea é caracterizada por ser rica em frutas, vegetais e cereais integrais, e possuir uma série de gorduras boas, o que vai melhorar o perfil lipídico e diminuir o risco de desenvolver doenças cardiovasculares.

Agora que você entendeu um pouco o que é essa dieta, entenda como ela funciona!


Como funciona a dieta mediterrânea?

Na prática alguns alimentos serão priorizados por aqui, enquanto outros terão o seu consumo diminuído! 

Quando falamos sobre a dieta mediterrânea não estamos falando de algo que tenha uma proibição em si, como algumas dietas. Mas claro, se não acontecer o controle dos alimentos e um esforço por parte de quem faz a dieta, dificilmente isso vai trazer bons resultados.

No funcionamento da dieta, as frutas e as hortaliças são priorizadas, tudo isso porque são alimentos com uma grande quantidade de vitaminas, minerais, fibras e também antioxidantes, a grande vantagem de tudo isso é conseguir prevenir doenças como o câncer.

Os cereais também são bem indicados por aqui, eles são vistos como fontes de carboidratos, e com isso, vão fornecer energia para o nosso organismo. 

E não podemos nos esquecer das leguminosas, afinal, elas são fundamentais para a alimentação saudável, possuindo dessa forma fibras e proteínas vegetais. Por isso, ao consumir de forma regular pode diminuir os níveis de colesterol ruim e prevenir que doenças cardiovasculares aconteçam.

As oleaginosas também devem ser priorizadas dentro do cardápio. Tudo isso porque elas vão fornecer gorduras boas, que vão auxiliar na redução do colesterol.

E claro, os peixes! Os peixes são bem consumidos nos países citados que inspiraram a dieta. Por isso, pode usar e abusar deles, principalmente aqueles ricos em ômega 3! 

Descubra agora os 7 erros que você deve evitar no processo de emagrecimento


Quais os benefícios da dieta mediterrânea?

Dieta mediterrânea: o que é e como funciona?
Crédito: Banco de imagens

Os benefícios de consumir esses alimentos para a nossa saúde são inúmeros! Como por exemplo, diminuir o risco de doenças cardiovasculares, e até mesmo de AVC, reduzindo assim a pressão arterial, e outras taxas importantes para o bom funcionamento do organismo.

Os leites e derivados são fontes de cálcio, e por isso estão liberados para serem consumidos na dieta! 

Outro ingrediente que é bem utilizado é o azeite de oliva, que é rico em ácido graxo monoinsaturado, que vai auxiliar no aumento do bom colesterol, favorecendo também a saúde do nosso coração.

Quanto às bebidas, além da água, o vinho tinto também é uma ótima opção! Isso porque ele consegue ter uma alta quantidade de flavonoides, tudo isso diminuindo o risco de doenças cardiovasculares.

E quanto aos alimentos que devem ser evitados são as carnes vermelhas e até mesmo as brancas, de forma geral, principalmente aquelas que são ricas em gordura!

E todos os alimentos que sabemos que fazem mal para a saúde e nos engordam, como doces, alimentos industrializados, massas, pães, bolachas, bolos, refrigerantes, outras bebidas alcoólicas, e afins.


Conclusão

Como podemos perceber, o funcionamento da dieta mediterrânea é muito mais voltado para a saúde! O emagrecimento vem como consequência de todos esses alimentos, e por isso ela não é tão restritiva.

A grande vantagem da dieta mediterrânea é que como é baseada em uma alimentação saudável, ela pode ser feita por tempo indeterminado! Os resultados vão depender bastante de como você leva a dieta, por exemplo, como lida com as restrições alimentares.

Não há contraindicações, qualquer pessoa pode fazer a dieta mediterrânea por ser uma dieta saudável e que não corta nada de forma radical. Em suma, ela é livre para quem desejar realizar.

E não podemos esquecer que outra vantagem da dieta mediterrânea é a reeducação alimentar, já que com diversos alimentos saudáveis e saborosos fica muito mais fácil conhecer e experimentar um mundo cheio de possibilidades.

A desvantagem consiste em não proibir nada. De fato, muitas pessoas não conseguem fazer uma dieta dessa forma, e precisam de uma estrutura mais direcionada!

Por isso, se o seu desejo é fazer a dieta mediterrânea, a dica é manter bastante o foco, e alinhar com a prática de exercícios para um emagrecimento ainda mais rápido!

 

Gostou de saber mais sobre a dieta mediterrânea? Então não se esqueça de deixar um comentário abaixo!

 

Foto Destaque: Banco de imagens/iStock

Sabor à Vida

Portal do Estado de São Paulo com tudo sobre Gastronomia: Notícias, TV, Cozinhas, Bebidas, Técnicas, Artigos, Guia Gastronômico, Receitas, Classificados e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 11 =