Venda de vinhos bate recorde no Brasil durante a pandemia do novo coronavírus

Banner Rancho do Pescador
Banner Cursos de Confeitaria Online

A pandemia revelou uma nova paixão dos brasileiros: o vinho. Por incrível que pareça, mesmo em meio ao isolamento social para conter a pandemia da Covid-19, o consumo de vinho teve um aumento considerável no último ano. A média foi de, aproximadamente, 2,78 litros de vinho por pessoa, e isso significa que o consumo aumentou mais de 30% em relação ao ano anterior, em 2019, quando a pandemia ainda era uma realidade muito distante do Brasil. Os dados são referentes a uma pesquisa da plataforma CupomValido.com.br, que fez uma reunião de dados de empresas como Statista, Euromonitor e Nielsen sobre o consumo de vinho no Brasil e no mundo.

Os dados ainda revelam que, no total, os brasileiros consumiram mais de 500 milhões de litros, ao passo que, em 2019, consumiram 383 milhões, o que registra um número de consumo histórico dos brasileiros. O Brasil, inclusive, ficou apenas atrás da Argentina no ranking de consumo de vinho entre os países da América Latina. O interessante é também o registro da frequência desse consumo: 46% dos brasileiros tomam vinho ao menos uma vez por semana, enquanto 53% consomem a bebida uma vez por mês.

Leia mais: Vinhos da América do Sul: um guia completo

Banner Espaçamento

Tipos de vinhos mais consumidos

A pesquisa também fez um registro dos tipos de vinhos que os brasileiros mais consumiram e quais, de fato, preferem. De um modo geral, o vinho tinto é o favorito do País, com mais de 50% de preferência. Em especial, o vinho tinto feito com uva Malbec, que vem da França, é o mais saboreado no País. Já os vinhos do tipo Cabernet Sauvignon e Merlot ocupam, respectivamente, o segundo e o terceiro lugar do top 3 vinhos tintos favoritos do Brasil.

O segundo tipo de vinho favorito no Brasil é o vinho branco, com 25% do favoritismo – sobretudo, do tipo Chardonnay, “rainha das uvas brancas”, como é conhecido popularmente. Os vinhos brancos feitos com uvas Sauvignon Blanc e Moscato ocupam a segunda e a terceira posição.


Benefícios do vinho para a saúde

Um dos benefícios mais conhecidos do vinho é o bem que faz para as artérias e o coração – sobretudo, quando o consumo é regular. O triptofano também é um aminoácido importantíssimo e muito benéfico no consumo de vinho, pois trata-se do hormônio responsável pela produção de serotonina no corpo humano, atuando na sensação de bem-estar e regulando o humor e o apetite.

Além disso, o vinho também produz uma ação antioxidante e anti-inflamatória no corpo, por meio de substâncias como o flavonoide e o resveratrol. Ou seja, o consumo de vinho, quando feito com consciência, traz muitos benefícios para a saúde. Um brinde ao vinho!

 

Foto Destaque: Banco de imagens/iStock

Sabor à Vida

Portal do Estado de São Paulo com tudo sobre Gastronomia: Notícias, TV, Cozinhas, Bebidas, Técnicas, Artigos, Guia Gastronômico, Receitas, Classificados e muito mais.

2 thoughts on “Venda de vinhos bate recorde no Brasil durante a pandemia do novo coronavírus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + dois =