Banner Teknisa

Ricardo Dornelles vence etapa nacional da Copa do Mundo da gastronomia

Banner WhatsApp e Telegram
Banner Rancho do Pescador
Banner Cursos de Culinária Online
Banner Cursos de Confeitaria Online

Depois de três tentativas acertando na trave, o chef Ricardo Dornelles marcou seu golaço na etapa nacional da Copa do Mundo da gastronomia. O cozinheiro venceu a seletiva com maestria diante dos seus adversários, jurados e o público.

A prova aconteceu no último domingo (27/10), no Memorial da América Latina, durante o Mesa SP. Quatro cozinheiros disputaram uma vaga para representar o País nas próximas fases do concurso: os paulistas David Kasparian e Mauro Sierro, o cearense Lukas da Silva Marte, além do gaúcho Ricardo Dornelles.

Leia mais: Academia Brasil d’Or lança Copa do Mundo da gastronomia durante o Mesa SP

Eles prepararam duas receitas em três horas e trinta minutos. Um prato tinha obrigatoriamente o peixe bijupirá, levantando a bandeira da sustentabilidade do Bocuse d’Or ao incentivar o consumo consciente e apresentar alternativas que contribuam para reduzir a crise no setor pesqueiro. A outra receita era vegetariana. Os cozinheiros tinham que usar, pelo menos, um ingrediente típico da região em que vivem em cada criação.

Entre os jurados, estavam oito renomados chefs: Jefferson Rueda, presidente do júri; Sebastián Salas Nicolau, presidente de honra da mesa do júri; além de Paulo Shin, Luiz Filipe Souza, Thierry Buffeteau, Oscar Bosch, Juarez Campos e Naim Santos, compondo o corpo do júri.

“A cada ano de seletiva, percebemos que o nível dos candidatos só aumenta e a participação no concurso também. Este ano, recebemos inscrições de 19 cidades, foi uma escolha difícil, mas chegamos aos candidatos mais fortes e eles fizeram bonito aqui”, avaliou Giovanna Grossi, presidente da Academia d’Or.

Foi uma disputa acirrada. Além de saber cozinhar, os candidatos precisaram de atenção, concentração, técnica, organização e conquistar o paladar do júri, claro. Fagotini de moranga com erva-mate e Bijupirá com crosta de pinhão foram as apostas certeiras de Dornelles para vencer. A torcida dele estava lá, alegre e confiante.

Ricardo Dornelles vence etapa nacional da Copa do Mundo da gastronomia
Bijupirá com crosta de pinhão – Crédito: George Gargiulo

Ao final da prova, o clima era de expectativa e muita apreensão, logo substituída pela felicidade de Dornelles ao escutar o anúncio do resultado e receber o troféu das mãos da chef Giovanna Grossi.

“Parabéns, Ricardo. Ele já participou de três edições, se aperfeiçoou, não desistiu, foi resiliente e, hoje, logra o título de vencedor do Bocuse d’Or Brasil 2019, nosso representante da eliminatória das Américas. Parabéns a todos os participantes, fizeram um trabalho muito bom”, disse o chef Guga Rocha, cerimonialista do evento.

A realização de um sonho, assim Dornelles classifica a conquista. “Foi uma prova muito difícil, venho há anos treinando e tentando o título, achei que não ia conseguir, mas ganhei e estou muito feliz”, revelou o vencedor tentando conter a euforia.

Ricardo Dornelles vence etapa nacional da Copa do Mundo da gastronomia
Fagotini de moranga com erva-mate – Crédito: George Gargiulo

Ricardo Dornelles segue para a etapa latino-americana, que seleciona apenas cinco cozinheiros para disputar o mundial, em Lyon, capital francesa da gastronomia. São 24 países envolvidos – de 193 no mundo. A rotina do chef continuará sendo de muito treino. O Brasil segue na torcida e, independente dos próximos resultados, Dornelles e o nosso País já são campeões por levarem a gastronomia local mundo afora.

Leia mais: Conheça a gastronomia em Lyon, capital mundial do assunto

Foto: George Gargiulo

Banner Cursos de Panificação Online

Sabor à Vida

Portal do Estado de São Paulo com tudo sobre Gastronomia: Notícias, TV, Cozinhas, Bebidas, Técnicas, Artigos, Guia Gastronômico, Receitas, Classificados e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − onze =