Não adie a ideia de comer de forma saudável

Banner Cafeteria Gamela
Banner A. R. Antiguidades
Banner Espaçamento

Ter uma dieta mais balanceada não é mais caro e ainda poupará gastos com saúde. Com a ajuda da tecnologia, como o app Kimbino e maior controle, dá para comer melhor.

Dá para falar tranquilamente que nos últimos 10 anos houve grande avanço na conscientização sobre a necessidade de comer de forma saudável. Isso não quer dizer que o perigo da obesidade está longe de nós brasileiros. Muito pelo contrário: ela aumentou no Brasil em 60% entre 2007 e 2017, com o alarmante número de 110% em relação aos jovens.

Há vários fatores para explicar isso, inclusive maior acesso à redes de fast-food e suas comidas gordurosas e industrializadas.

Isso não quer dizer que a dita conscientização é um erro. Apenas que há que lutar com armas mais pesadas. A principal delas é o bolso. A questão da proteção ambiental também é forte.

Existe a ideia que comer saudável custa mais. Não dá para culpar quem pensa dessa forma, já que é comum entrar em restaurantes e a salada custar quase o mesmo que um prato, sem aquela sensação de saciedade igual. Da mesma forma é também comum para quem entra em supermercados notar preços bastante salgados nos alimentos orgânicos e mais selecionados.

Porém, comer saudável não é só selecionar aquela Chia direto dos Andes. E não impacta apenas no seu prato, mas também em sua energia, eficiência e saúde em geral. E também o planeta, diminuindo o consumo de produtos como carne de boi. Ou seja, é pensar verde.

Banner Espaçamento

O que devo procurar na minha refeição

Uma boa dieta para o dia inclui um pouco de tudo e não exige grandes esforços. O maior vilão de iniciativas desse tipo é enjoar de comidas e não ter acesso àqueles prazeres, como um doce ou até um hambúrguer de vez em quando.

Permita-se esses mimos. Só imponha restrições e tente sempre voltar aos melhores hábitos.

O café da manhã tem a fama de ser a mais importante refeição do dia e não é à toa. Mesmo que você não tenha fome nesse período, é vital que você coloque energia no seu corpo depois de um longo período de ação (sono) sem consumo.

O consumo de vitaminas como A (abóbora, batata-doce, cenoura), C (laranja, limão, tomate), D (sardinha, gema de ovo, até tomar sol) e E (folhas verdes escuras, nozes, amêndoas e castanhas) é muito importante, assim como a ingestão de cálcio para fortalecer os ossos e dentes e fibras para ajudar na digestão e movimentos intestinais.

As proteínas e minerais precisam estar presentes nas refeições seguintes, assim como as boas gorduras. Fuja de gorduras saturadas e invista no azeite de oliva e peixes como salmão e atum.


Os ganhos de comer saudável

Como dissemos acima, há essa ideia de que todas essas comidas são caras e mais vale gastar em fast-food, que alimenta e não pesa no bolso.

Esse é um erro gigante e por muitas razões. A primeira: comer saudável não é caro. Frutas são encontradas em todos os preços e as de estação costumam sair bastante em conta.

Alimentos fundamentais como ovo, leite, feijão são baratos e ajudam em muito na sua alimentação. E eles são bastante comuns de terem descontos.

A Kimbino ajuda os compradores a acharem essas promoções. Navegando de forma fácil dá para encontrar folhetos dos mais diversos estabelecimentos para ter a melhor oferta direto no seu bolso. É só tirar o celular e ver quais são os preços bons e ir atrás dos melhores produtos para ajudar na sua dieta balanceada. Por exemplo, o Oba Hortifruti é um dos estabelecimentos cujos folhetos estão no sistema da Kimbino.

Segundo, sim, em restaurantes, o preço de pratos mais elaborados e saudáveis é maior que em fast-foods. Mas quem disse que a hora de comer precisa ser a hora para ligar para alguém? Aprender a fazer alguns pratos e saber se virar na cozinha é excelente porque você tem pleno controle dos ingredientes e pode poupar muito dinheiro, algo sempre prazeroso. Inclusive fazendo porções maiores para levar ao trabalho.

E terceiro: comer mal pode ser um prejuízo enorme para seu dia a dia. Falta de energia, sono ruim, dores no corpo são comuns para quem tem uma dieta de má qualidade. Há maior probabilidade de pegar gripes e resfriados e até ter problemas maiores de saúde, seja cardiovasculares ou diabetes. Ficar dias fora de combate com certeza é mais caro que comprar produtos saudáveis no supermercado.


Conclusão

Comer de forma saudável não é caro, basta que você assuma maior controle de sua dieta, seja procurando os produtos ideais como criando pratos e refeições que se adaptem a seu gosto.

Com a ajuda da Kimbino e seus parceiros, você pode olhar os folhetos atrás de promoções de frutas, verduras e produtos orgânicos em vários estabelecimentos, como o Pão de Açúcar por exemplo, para ter uma dieta mais balanceada, rica em nutrientes e que deixará sua saúde em dia e ajudará o meio ambiente. É o pacote completo.

Não adie a ideia de comer de forma saudável
5 (100%) 1 vote
Banner Itu.com.br

Sabor à Vida

Portal do Estado de São Paulo com tudo sobre Gastronomia: Notícias, TV, Cozinhas, Bebidas, Técnicas, Colunistas, Guia Gastronômico, Receitas, Classificados e muito mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *