» Início » Destaques » 7 dicas para comer bem na Festa Junina

7 dicas para comer bem na Festa Junina

por | jun 13, 2024 | Destaques, Nutrição

Receba o conteúdo do Sabor à Vida!

A chegada do mês de junho é um pretexto para muitos admiradores de festa junina se programarem para acompanhar a vasta agenda de celebrações. Entre danças, brincadeiras e música, comidas típicas como milho, pipoca, canjica e os mais diversos caldos são considerados os clássicos da festa. Mas será que conseguimos aproveitar esse período de forma saudável? Aqui estão 7 dicas para ajudar você a desfrutar das delícias juninas sem comprometer sua saúde.

7 dicas

Patrícia Souza, professora do curso de nutrição da Universidade Veiga de Almeida (UVA), explica que, neste período, a alimentação pode – e deve – ser saudável, mas que, para isso, é necessário fazer escolhas e conhecer suas limitações. “Pessoas diabéticas devem ficar longe de alimentos ricos em açúcar e hipertensos devem ter cuidado com o excesso de sal”, alerta.

A especialista também explica que, quanto mais simples for a receita do alimento, ou seja, menos produtos ela utilizar, mais saudável ela se torna. A substituição de açúcar refinado por açúcar mascavo nas receitas, avalia Patrícia, também pode ser uma alternativa. “Açúcar é açúcar, mas a troca de refinado por mascavo é uma boa opção. No entanto, mais importante do que trocar o açúcar é diminuir a quantidade de açúcar”, diz.

Confira sete dicas da professora de Nutrição da UVA:

Milho-verde

“Apesar de conter muitas calorias, o milho é um alimento que contém muita fibra. Portanto, pode, sim, ser consumido, mas é importante evitar colocar manteiga e passar na água com sal, porque o excesso de sal faz mal à saúde. Das receitas que contém milho, o curau é uma boa opção, por ser a mais simples de todas. Possui menos ingredientes e menos calorias”.

Pipoca

“As pipocas de micro-ondas nunca são uma boa opção por conter aditivos químicos. É melhor optar sempre pela pipoca feita com milho natural”.

Caldos

“Pode consumir sem problema nenhum, mas em quantidades adequadas. Caldo verde, por exemplo, é mais calórico por conta da batata. Uma sugestão é optar pelos caldos que têm menos ingrediente e poucos embutidos – nada de paio, linguiça, bacon, costelinha, etc.”

Bolos

“Evite bolos com recheio porque são sempre mais calóricos”.

Canjica

“É importante não exagerar. Reduzir a quantidade é recomendado e nunca ultrapasse uma concha para um adulto, meia concha para crianças e, se possível, escolha uma receita fit. O leite condensado possui leite e uma quantidade maior de açúcar do que o necessário, o que é prejudicial principalmente para pacientes diabéticos. A melhor opção é utilizar cada vez menos esse produto”.

Cachorro-quente e salsichão

Produtos como a salsicha geralmente possuem carne mecanicamente separada (CMS). São feitos a partir de aparas de carnes. A legislação brasileira aceita que os produtos tenham até 60% de CMS nesse alimento, além de corantes, conservantes e aromatizantes, o que faz deles alimentos que não são bons para consumo. Se possível, é melhor sempre evitar”.

Bebidas

“As bebidas alcoólicas e refrigerantes aumentam o valor calórico. O refrigerante é adoçado, portanto, não é recomendado. Seria interessante substituir sempre por água, bebida que precisamos consumir no mínimo 2 litros por dia”.

Receitas da professora Patrícia Souza

A professora Patrícia Souza também compartilhou duas receitas para tornar a celebração mais fit: pipoca e canjica mais saudáveis. Veja abaixo:

Receita de canjica

Ingredientes:

500g de canjica

2 litros de água filtrada

1 xícaras de chá de leite desnatado

1 vidro de leite de coco light

Adoçante

Modo de preparo:

Antes de cozinhar o milho na panela de pressão, é preciso deixá-lo de molho por 24 horas. Essa etapa é fundamental para agilizar o cozimento do grão e evitar que a canjica fique dura.

No dia seguinte, transfira o milho para uma panela de pressão e cubra com bastante água. O cozimento dura em torno de 40 a 50 minutos, tempo suficiente para o grão ficar macio.

Enquanto o milho cozinha na panela de pressão, misture o leite de coco e o leite desnatado e deixe ferver por 5 minutos. Quando a mistura estiver homogênea, despeje no milho cozido e mexa até o caldo da canjica ficar bem cremoso.
Quando a canjica atingir uma consistência bem cremosa, retire do fogo e adicione o adoçante. Para finalizar, polvilhe canela em pó para deixar a receita ainda mais gostosa.

Pipoca no micro-ondas

Ingredientes:

4 colheres de sopa de milho para pipoca

4 colheres de sopa de água

Modo de preparo:

Separe uma vasilha de vidro alta que possa ir ao micro-ondas.

Coloque o milho e a água na vasilha e misture bem.

Coloque uma tampa plástica própria para micro-ondas sobre a vasilha. Além disso, você também pode cobrir a vasilha de vidro com filme de PVC e fazer uns 4 furos pequenos no filme de PVC, usando uma faca, antes de levar ao micro-ondas. Em seguida, programe o aparelho para 4-5 minutos em potência máxima, lembrando que o tempo de cozimento pode variar.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pacotes de Viagens