» Início » Destaques Principais » 31ª Expotchê – Juntos pelo Sul

31ª Expotchê – Juntos pelo Sul

por | jun 3, 2024 | Destaques Principais, Eventos

Receba o conteúdo do Sabor à Vida!

Pela 31ª vez, a Expotchê movimentará a capital do país com a cultura, tradição e pujança do Rio Grande do Sul. Por força das circunstâncias seria razoável cancelar ou adiar a edição 2024, mas o consenso, mais do que nunca, é de ser necessário seguir em frente. Assim, em meio a maior tragédia vivida pelo estado com enchentes devastadoras, o povo gaúcho dá demonstração do quanto é trabalhador, guerreiro e participativo. Diante de tamanha determinação dos parceiros riograndenses em aproveitar oportunidades de negócios e fazer a roda girar, não resta dúvida: a reconstrução do estado está em marcha. De 07 a 16 de junho, direto do Pavilhão do Parque da Cidade, vem aí uma inesquecível edição da Expotchê.

31ª Expotchê

Crédito: Vana Photo

Ingressos Solidários e Expectativas

Segundo Rômulo Mendonça, diretor-geral da Rome Eventos, são esperadas cerca de 150 mil pessoas em 10 dias.

“Tem sido impressionante ver a energia que os nossos amigos gaúchos estão empregando na participação do evento. Da nossa parte, estamos focados em colaborar da melhor forma e somar esforços nesse período de retomada”, afirma. E para estimular ainda mais a presença do público, um dos atrativos da edição é a opção do ingresso solidário, que garante meia entrada mediante comprovação de doação a partir de R$ 5 reais ao pix oficial da campanha orientada pelo governo do estado.

Diversidade da Agroindústria Gaúcha

31ª Expotchê

Crédito: Divulgação SDR

Os estandes, distribuídos em 17 mil m², reunirão o melhor da produção do estado, englobando segmentos como agroindústria familiar, artesanato, turismo e comércio. Na ala destinada agroindústria familiar, o público encontrará produtos como vinho, cachaça, mel, embutidos, queijos, doces, erva-mate, orgânicos, artesanato em lã, entre outros.

Serão cerca de 40 municípios representados na Expotchê, sendo 24 deles ligados à agroindústria: Nova Bassano, Soledade, Harmonia, Caibate, Santa Tereza, Poço das Antas, Venâncio Aires, Paraí, Bento Gonçalves, Bagé, Estrela, Varanópolis, Passo do Sobrado, Teutônia, Ilópolis, São Lourenço do Sul, Nova Roma do Sul, Três de Maio, Vera Cruz, Garibaldi, Colorado, Farroupilha, Dois Lajeado e Vista Gaúcha. “O Rio Grande do Sul consolidou a valorização da Agricultura Familiar e a agro industrialização fortalece este conceito promovendo renda, fixação da família na propriedade e estimula a sucessão familiar na propriedade”, considera Ronaldo Santini, presidente da SDR.

Áreas Temáticas e Gastronomia

Para uma melhor experiência de compras e lazer, a Expotchê conta com um layout e cenografia envolventes, que convidam o visitante a passar horas no local. Segmentam o espaço de grandes proporções, áreas temáticas como a Tchê Bier—com sua carreta de chopp—, Praça do ChocolatePraça do Vinho e, para tranquilidade dos pais e alegria dos pequenos, uma ampla brinquedoteca e uma fazendinha com animais de pequeno porte. A praça de alimentação é uma atração à parte, com bares e restaurantes servindo delícias da culinária gaúcha como churrasco, arroz de carreteiro, chuleta na brasa, choripan, além de crepes, pastéis, espetinhos, cervejas e chopp de vinho.

Ações Solidárias

Um dos destaques da Expotchê será uma ilha de 126 m² cedida pela Rome Eventos para que cerca de 100 artesãos– 15 deles presentes ao evento— comercializem suas produções. O grande parceiro nessa ação é o Programa do Artesanato Brasileiro (PAB)/Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte (MEMP) do Governo Federal, que custeia a viagem, hospedagem, alimentação do grupo e presta o suporte necessário para que esses artistas participem da exposição. “Nesse momento delicado que vive o Rio Grande do Sul, é de extrema importância que os artesãos tenham onde escoar sua produção, gerando, além de renda, oportunidade de novos negócios”, defende Elizabete Bacelar, diretora do PAB.

Importante ativo do estado, o turismo do Rio Grande do Sul, mesmo que muitos roteiros não tenham sido atingidos, diretamente, sofre as consequências da tragédia. Por isso, o setor merecerá atenção especial. A Secretaria de Estado de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) se dispôs a atuar em benefício da Secretaria de Turismo do Rio Grande do Sul (Setur-RS), divulgando campanhas como “Não cancele, remarque”. Através da chamada “Abrace, sinta e viva o Rio Grande do Sul” lançada pelo RS, também serão divulgados roteiros como o “Inverno nos Pampas”, “Caminho das Águas Termais” e “Vindima 2025”. 

A Expotchê ainda servirá de ponto de coleta para doações destinadas ao povo gaúcho. Em consulta à Secretaria de Defesa Civil do RS, ficou definido que, neste momento, são muito bem-vindas roupas íntimas novas e cestas básicas. Do Distrito Federal, o gabinete da primeira-dama Mayara Noronha disponibilizará pessoal para manuseio das doações e se encarregará também do transporte, caso necessário.

Atrações Culturais

Para um público diverso, uma programação eclética. Entre as atrações estão bandas e artistas gaúchos como Nenhum de Nós, Elton SaldanhaOverdriver DuoChimarruts e Gurias Gaúchas. De Brasília, estarão Bruno Z, acompanhado de músicos da cidade e do RS, e grupos musicais de gaúchos que residem no DF. E isso para ficar apenas na música… Na parte dos espetáculos estão o Grupo Tholl, de arte circense, e o Grupo Ana Terra, de projeção folclórica. Os Centros de Tradição Gaúcha (CTGs) são presença garantida, com suas performances vibrantes e trajes típicos, que convidam a plateia a viajar no tempo, pelos costumes, folclore e valores dos gaúchos.

“Os artistas temiam reviver a insegurança da pandemia, quando as oportunidades de trabalho escassearam. Para eles, subir ao palco e mostrar sua cultura tem um significado ainda maior neste momento. É uma emoção muito grande que o público, certamente, vai sentir com a gente”, revela Leda Simone, diretora-executiva da Rome Eventos.

Em comemoração ao Bicentenário da Imigração Alemã (julho/2024), que começou no Brasil, justamente, pela cidade de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, o evento, em uma parceria com a Embaixada da Alemanha, receberá a exposição “Jornada para o Brasil: História das migrações de povos de língua alemã”. Desenvolvida pelo Prof. Dr. Martin N. Dreher, membro do Instituto Histórico de São Leopoldo, e pela escritora Erny Mügge, da editora Oikos, e realizada pelo Instituto Martius-Staden, a mostra traz fotos e registros históricos que abordam mais um importante capítulo na formação identitária do povo riograndense.

Programação Cultural

7 de junho

17h Grupo de dança do CTG Sinuelo da Saudade (DF)

19h Solenidade oficial de abertura

20h Grupo circense Tholl (RS)

21h Cantor Elton Saldanha (RS)

8 de junho

15h Grupo circense Tholl (RS)

17h Grupo de dança do CTG Estância Gaúcha do Planalto (DF)

19h Grupo circense Tholl (RS)

21h Banda Overdriver Duo (RS)

9 de junho

13h Grupo de dança do CTG Sinuelo da Saudade (DF)

15h Grupo circense Tholl (RS)

17h Grupo de dança do CTG Sinuelo da Saudade (DF)

19h Grupo circense Tholl (RS)

10 de junho

19h Grupo circense Tholl (RS)

20h Grupo de dança do CTG Sinuelo da Saudade (DF)

21h Grupo Cancioneiros do Planalto (DF)

11 de junho

19h Grupo circense Tholl (RS)

20h Grupo de dança do CTG Querência de Valparaíso de Goiás (GO)

21 Tributo ao Rock Gaúcho (DF/RS)

12 de junho

19h The Allpargatas/Le Farfalle (DF/RS)

20h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

21h Banda Nenhum de Nós (RS)

13 de junho

19h The Allpargatas/Le Farfalle (DF/RS)

20h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

21h Banda Chimarruts (RS)

14 de junho

19h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

20h Couro e Cordas (DF/RS)

21h Banda Gurias Gaúchas – Espetáculo Elas cantam o Rio Grande (RS)

15 de junho

15h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

20h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

21h Banda Gurias Gaúchas- Show Baile das Gurias (RS)

16 de junho

12h Grupo de projeção folclórica Ana Terra (RS)

17h Grupo de Dança CTG Estância Gaúcha do Planalto (DF)

31ª Expotchê

Data: de 07 a 16 de junho

Local: Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade

De segunda a sexta: das 16h às 23h (entrada gratuita das 16 às 17h)

Sábado e domingo: das 11h às 23h 

Ingresso: R$ 20 (meia-entrada e ingresso solidário)

Pessoas com deficiência: acesso gratuito (acompanhante paga meia-entrada)

Comprovante de doação feita a qualquer momento de um mínimo de R$ 5 ao pix oficial de doações (Banrisul), dá direito à meia-entrada

Adquira o seu ingresso aqui ou na bilheteria do evento

www.expotche.com.br

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pacotes de Viagens