» Início » Guia Gastronômico » Farinha com ou sem fermento? Conheça as principais características

Farinha com ou sem fermento? Conheça as principais características

por | nov 30, 2023 | Guia Gastronômico

Receba o conteúdo do Sabor à Vida!

Durante as compras no mercado ou no meio de alguma receita, você já teve dúvida se era melhor usar uma farinha com ou sem fermento? Por um lado, contar com a praticidade de já ter o fermento incorporado no ingrediente pode ser uma vantagem, mas, por outro, isso também limita algumas preparações. Para solucionar essa dúvida, o Grupo Ocrim, uma das principais empresas de moagem de trigo no Brasil, reuniu as principais características de cada uma para sanar as dúvidas e garantir o sucesso nas receitas.

Farinha

A opção sem fermento é, ainda, a mais utilizada. Isso porque permite maior flexibilidade de preparações, se adequando, inclusive, às receitas que não levam fermento. Mas isso não quer dizer que a outra opção de farinha também não seja boa. Sua principal característica é facilitar a rotina de quem tem dificuldade com as medidas culinárias ou simplesmente prefere praticidade na cozinha.

Substituições

Ao substituir a farinha fermentada pela comum, recomenda-se diminuir a massa seca em 1 ½ colher de chá e o sal em ½ para cada xícara de farinha. Já quando substituir a farinha comum pela fermentada, o ideal é diminuir a quantidade de farinha em 2 colheres de chá por xícara e adicionar 1 ½ colher de chá de massa seca e ½ de sal por xícara de farinha da receita original.

Teste para checagem do fermento

Se optar por usar a farinha com fermento, é importante ter certeza de que ele está ativo para não correr o risco de a receita não dar certo. Essa checagem pode ser realizada por meio de um teste caseiro simples: ferva um pouco de água, coloque em um copo e despeje uma colher pequena da farinha. Se a água borbulhar, é sinal de que o fermento continua bom. Caso contrário, o recomendado é não usar.

Já em relação ao armazenamento dessa opção, é fundamental não deixar na geladeira, pois isso pode comprometer sua eficácia. O ideal é manter em um pote fechado, dentro do armário.

Dicas de receitas

Entre as marcas pertencentes ao Grupo Ocrim estão Mirella e Trigolar, que, em seus portfólios, possuem as farinhas de trigo com e sem fermento. E para inspirar as preparações na cozinha, trazem duas sugestões de receitas com cada uma das opções. Confira:

Panqueca americana com farinha de trigo com fermentoIngredientes:

  • 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo com fermento
  • 2 colheres (sopa) de açúcar
  • 2 colheres (sopa) de amido de milho (opcional)
  • 1 pitada de sal
  • 1 ovo
  • 1 xícara de leite
  • 2 colheres de manteiga derretida

Preparo:

Em um recipiente, misture a farinha de trigo com fermento, o açúcar, o amido e o sal. Em seguida, adicione o ovo e mexa bem. Adicione o leite e a manteiga e misture até obter uma massa homogênea.

Unte uma frigideira com manteiga ou óleo, leve ao fogo e, assim que estiver quente, despeje uma concha da mistura. Quando estiver formando pequenas bolhas na superfície da panqueca, vire o outro lado.

Brownie (farinha de trigo sem fermento)

Ingredientes:

  • 2 xícaras de achocolatado em pó
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1 xícara de açúcar
  • 200 gramas de manteiga
  • 4 ovos

Preparo:

Em uma tigela, coloque os ovos, o açúcar e bata com a ajuda de um fouet ou garfo. Em seguida, adicione a manteiga e o achocolatado em pó, misture tudo e depois adicione a farinha de trigo. Mexa a massa até que fique homogênea.

Despeje a massa em uma forma untada com achocolatado em pó e leve para assar em forno preaquecido a 180°C.

Sobre a Ocrim

Tradição e qualidade são pilares do Grupo Ocrim, indústria de farinha de trigo, produtos para panificação, confeitaria e uso doméstico, além de massas, biscoitos e ração animal. Com mais de 70 anos de história e pioneira na região Norte, detém oito marcas e é uma das principais empresas de moagem de trigo do Brasil.

Sólida, dinâmica e correta com o meio ambiente, tem moinhos em São Paulo (SP), Belém (PA) e Manaus (AM), uma fábrica de massas e biscoitos em Ananindeua (PA) e uma fábrica de ração em Manaus. A rigorosa cadeia produtiva garante a excelência do portfólio, composto pelas farinhas Mirella, Trigolar, Ambra e Amorati, biscoitos Trigolino e Zalppi, massas Ricosa, Trigolino, Ambra, Amorati e rações Family Plus.

http://www.ocrim.com.br/

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pacotes de Viagens