Uísque por R$ 1 milhão: leilão de uísque single malt recebeu homenagens especiais

Banner Rancho do Pescador
Banner Cursos de Confeitaria Online

Já imaginou provar um uísque que custa mais de R$ 1 milhão? Essa é a realidade do comprador do uísque single malt, considerado o mais antigo do mundo, que foi leiloado no dia 2 de outubro. O evento foi conduzido pela casa de leilões Sotheby’s, que estimou que a garrafa possui cerca de 80 anos e que vem do “Decanter nº 1” da Glenlivet Distillery. A bebida foi originalmente colocada em um barril, em 1940, e deve ser leiloada por uma cifra entre US$ 100 mil e US$ 200 – com o dólar nas alturas, o valor fica entre R$ 528 mil e R$ 1,06 milhão, aproximadamente.

Por ser a primeira destilaria de uísque que foi licenciada na Escócia, a Glenlivet preservou muito bem a bebida para que, agora, ela seja disputada recebendo um tratamento à sua altura: o arquiteto e designer Sir David Adiaye produziu um decantador sob medida em volta de um carvalho para homenagear o antigo barril original da bebida, em uma encomenda da casa de uísque Gordon & MacPhail.

O grande comprador da bebida ganhou também um tour de degustação de uísques para até quatro pessoas na cidade de Londres, capital da Inglaterra, além da litografia do conceito original da embalagem do uísque comprado, devidamente autografada por Sir David Adiaye, e uma tampa emoldurada do barril que serviu de abrigo do Decanter nº 1 por 80 anos.

Em mais uma homenagem à bebida, os lucros do leilão serão revertidos para uma organização beneficente da Escócia, chamada Trees For Life. O objetivo é auxiliar na revitalização da floresta da Caledônia.

A Gordon & MacPhail também informou que o barril que produziu o Decanter nº 1 produziu, aproximadamente, 250 garrafas, que serão vendidas de maneira sigilosa. Se você é um dos interessados, é necessário entrar em contato com a casa de uísque e preencher um formulário de interesse para receber as informações a respeito da compra.

E por que tudo isso por um uísque antigo? Para que uma bebida seja considerada uísque, é necessário que tenha amadurecido por pelo menos três anos, e dificilmente você beberá um bom uísque com apenas três anos de envelhecimento.

Quanto mais novo o uísque, mais ele terá um sabor metálico, com o álcool muito forte, o que desagrada o paladar. Especialistas indicam que são necessários oito anos para que um uísque seja bem-visto. Além do tempo, é necessário se atentar onde a bebida foi produzida e qual foi seu barril de armazenamento para maturação. Só unindo esses três fatores (tempo, local de produção e armazenamento) é que você saberá a boa qualidade de um uísque.

 

Foto Destaque: Banco de imagens/iStock

Sabor à Vida

Portal do Estado de São Paulo com tudo sobre Gastronomia: Notícias, TV, Cozinhas, Bebidas, Técnicas, Artigos, Guia Gastronômico, Receitas, Classificados e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + três =