Temaki de estrogonofe divide opiniões na internet

Banner Rancho do Pescador
Banner Cursos de Confeitaria Online

Não é novidade que o brasileiro adora inventar na cozinha. Depois do fondue de coxinha – prato que atrai curiosos e faz sucesso em um bar de Sorocaba (SP) -, um restaurante japonês de Jundiaí resolveu atualizar a definição de “sem limites” e lançou o temaki de estrogonofe.

Feito com alga, arroz e salmão flambado com conhaque, o “strogomaki” foi ideia do empresário e gastrônomo Celso Yokoyama, de 24 anos, durante o processo de reformulação do cardápio do restaurante, no mercado há pouco mais de um ano.

“Nada do que conhecemos como culinária japonesa é servido como no Japão. A comida é bem ocidentalizada e nós queríamos fugir, mais ainda, do tradicional. Então resolvemos misturar o molho de estrogonofe, que é um prato que o brasileiro adora, ao salmão e servir o temaki com batata palha”, explica Celso.

O lançamento do “strogomaki”, que custa cerca de R$ 21, foi anunciado nas redes sociais do restaurante. Estranho ou não, a publicação teve mais de 4,5 mil compartilhamentos, 4,4 mil comentários e 1,9 mil curtidas até a manhã deste sábado (2). A discussão em torno do temaki abrasileirado dividiu opiniões.

Houve quem defendesse a adaptação brasileira dos rodízios japoneses em geral, que vão desde a adição de cream cheese, cheddar e salgadinho nos hot rolls até onde a criatividade puder chegar.

“A comida japonesa que tanto gostam é adaptada também. Nenhum restaurante aqui faz igual aos restaurantes do Japão porque se fizessem muitos nem iriam gostar”, escreveu um internauta.

Outros ficaram sem saber o que pensar do strogomaki: “Isso parece tão errado, mas parece tão bom”. Incrédulos e apoiadores da ideia também se manifestaram na publicação.

“Eu não tô acreditando que inventaram isso. Meu senhor! Brasileiro não conhece o famoso limite”, avaliou uma internauta.

“Os dois pratos de comida preferidos meus juntos, será um sonho?”, perguntou outro.

Discussões a parte, o empresário garante que o strogomaki agrada quem experimenta. O sabor não bateu o sucesso dos mais tradicionais da casa, no entanto, vem superando as expectativas da equipe.

“Quem comeu, gostou. O feedback destes clientes foi 100% positivo. Houve críticas nas redes sociais e eu entendo. É algo realmente diferente, porém não acredito que eu esteja denegrindo a cultura ou algo do tipo. Por ser um prato novo, a procura superou as expectativas”, conclui Celso.

Por: Fernanda Szabadi
Fonte: G1 – Sorocaba e Jundiaí

Sabor à Vida

Portal do Estado de São Paulo com tudo sobre Gastronomia: Notícias, TV, Cozinhas, Bebidas, Técnicas, Artigos, Guia Gastronômico, Receitas, Classificados e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =