Sabor à Vida Gastronomia entrevista Luiz Toledo do Batalha dos Confeiteiros

Banner Rancho do Pescador
Banner Confraria Hallertau
Banner Espaçamento

O Sabor à Vida Gastronomia entrevistou o confeiteiro Luiz Toledo, participante do Batalha dos Confeiteiros Brasil da Record TV.

Luiz, que é arquiteto de formação, se especializou em fazer bolos com design arrojado e o melhor, sem perder o sabor, quebrando o paradigma de que “bolo bonito não é um bolo gostoso”. Ele já vem se destacando no mercado, inclusive, é muito requisitado pela classe artística, produzindo bolos para famosos como: Sandy, Chitãozinho e Xororó, Larissa Manuela, entre outros. Confira a entrevista completa:

1 – Por que decidiu ser confeiteiro?
“A confeitaria surgiu na minha vida quando eu saí da minha cidade natal – Socorro, aos 17 anos, e fui estudar em Campinas. Lá eu tinha um amigo – o Wagner Bertazzo, que tinha um atelier de confeitaria tradicional. Como eu precisava trabalhar, comecei então a ajudá-lo na embalagem de doces, na decoração das festas e na montagem das mesas. Depois comecei a ajudar no processo dos bolos, cortando as peças e abrindo as massas. Até que numa semana de muito movimento, tive que decorar um bolo inteiro, o que para mim foi um grande desafio, mas também uma grande realização. Foi a primeira chance que eu tive de trabalhar com algo em que eu pudesse colocar meu lado artístico que sempre tive. Desde a infância, eu brincava de desenhar e pintar. Minhas tias sempre me davam lápis de cor e caderno de desenho. No colégio, eu adorava ficar desenhando na lousa da sala nos intervalos. Nas aulas de educação artística, a maioria dos colegas pedia para eu fazer ou pelo menos iniciar os desenhos deles e muitas vezes a professora ficava brava comigo. Os anos foram passando e então durante a faculdade de Arquitetura, eu percebi que minha felicidade estava em construir bolos e não casas. Desde então, percebi que a confeitaria havia se tornado a minha profissão, e minha paixão!”.

2 – Qual está sendo seu maior desafio no programa Batalha dos Confeiteiros?
“Sem dúvida o tempo é o maior de todos! Na vida real, a criação e execução dos bolos é um processo que pode levar dias, desde a concepção da ideia, construção das estruturas, esculturas, modelagens, massa e recheio do bolo propriamente dito, até a sua montagem e acabamento. No programa, temos que realizar todo esse processo em apenas algumas horas! Além de ter que trabalhar fora do nosso atelier, em uma cozinha na qual não temos intimidade com os utensílios e ferramentas, e com pessoas desconhecidas. E também o fato de ter o trabalho julgado em rede nacional pelo Buddy Valastro, que é a maior referência em confeitaria no mundo!”.

3 – Qual conselho daria para quem deseja participar do programa Batalha dos Confeiteiros?
“Acreditar muito em seu trabalho e se superar sempre, ter certeza de que você é capaz de trabalhar sob pressão, lidar com as diferenças e estar preparado para ser julgado e receber críticas, sejam elas boas ou ruins”.

4 – Quais são seus planos profissionais para o futuro?
“Neste momento, eu estou em um programa que é um “processo seletivo de emprego” para a Carlo’s Bakery. Caso eu seja selecionado, será uma grande honra fazer parte da equipe do Buddy Valastro! Se não, quero continuar trabalhando com confeitaria aqui em São Paulo, evoluindo e me superando cada vez mais nessa incrível arte que eu amo”.

5 – Pretende se especializar/aperfeiçoar em alguma técnica específica?
“Uma das minhas principais características é ter experiência em várias áreas da confeitaria, desde o clássico bolo de casamento, passando pelos bolos infantis até os mais conceituais, utilizando diversas técnicas. Meu estilo é mais eclético e acabado não me prendendo a nenhuma técnica específica. Para mim, o que dita qual técnica deve ser utilizada é a inspiração e o processo criativo, e não o contrário”.

Sabor à Vida Gastronomia entrevista Luiz Toledo do Batalha dos Confeiteiros
“Meu estilo é mais eclético e acabado não me prendendo a nenhuma técnica específica”

6 – O que a confeitaria representa para você hoje?
“Tudo! Confeitaria é minha vida, meu mundo! Eu acordo pensando em bolo e durmo pensando em bolo! Eu vejo bolo em tudo! É minha paixão!”.

7 – Qual é o seu maior diferencial?
“Creio que meu maior diferencial é ter um trabalho mais intuitivo, artístico. Um trabalho no qual eu preso mais pela emoção. Qualquer que seja o perfil do cliente ou o estilo do evento. Para mim, um bolo tem que contar uma história, sem deixar de lado a sua principal finalidade que é ser gostoso! Gosto de fazer bolo, com cara de bolo. E que seja saboroso!”.

8 – Quem é sua maior referência no mundo da confeitaria?
“Tenho algumas! Sem dúvida o Buddy Valastro, Ron Ben-Israel, Margaret Braun, Ana Elisa Salinas e Tati Benazzi”.

9 – Qual foi o trabalho que mais te marcou?
“Cada bolo é um projeto único. Eu me apaixono por todos que faço. Eu me lembro bem de um bolo da Torre Eiffel de mais ou menos 1,50m de altura que foi toda recortada em açúcar e teve que viajar mais de 500km”.

10 – Quais os famosos que você já fez bolos? Qual que mais foi comentado?
“Sandy, Junior, Larissa Manoela, Gugu Liberato, Chitãozinho, Xororó, Fúlvio Stefanini, Francisco Cuoco, Luciana Gimenez, Lucas Jagger entre outros. Creio que os mais comentados formam os da Sandy, o da Larissa Manoela e o do Lucas Jagger”.

Sabor à Vida Gastronomia entrevista Luiz Toledo do Batalha dos Confeiteiros
5 (100%) 1 vote

Sabor à Vida

Portal do Estado de São Paulo com tudo sobre Gastronomia: Notícias, TV, Cozinhas, Bebidas, Técnicas, Colunistas, Guia Gastronômico, Receitas, Classificados e muito mais.

4 comentários em “Sabor à Vida Gastronomia entrevista Luiz Toledo do Batalha dos Confeiteiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *