Gastronomia do Paraguai

Banner Rancho do Pescador
Banner A. R. Antiguidades
Banner Espaçamento

Uma fronteira por ela mesma certamente não faz com que os costumes de ambos os lados sejam diferentes, mas no nosso caso, mesmo estando tão próximo da gente, o Paraguai pode te surpreender com sua gastronomia, seus pratos tradicionais, os pratos mais populares e até os relidos.

Tubérculos, ao longo da sua história, estiveram sempre muito presentes às mesas dos paraguaios, já que a cultura indígena tem muita influência no idioma, nas tradições e, não obstante, na gastronomia.

Vamos dividir este artigo em duas partes: Pratos e alimentos típicos e o que eles mais consomem. Vale ressaltar que os itens abordados a seguir são só uma parte de um vasto leque culinário, e que, há constantes variações dos pratos, locais e produtos mencionados. Também é importante dizer que as fotos e relatos foram vividos na capital e não em regiões fronteiriças, de tribos indígenas ou da região do Chaco.

Banner Espaçamento

Sopa Paraguaya

Gastronomia do Paraguai
Sopa Paraguaya

O primeiro prato típico é, a talvez mais conhecida, sopa paraguaia – que não é uma sopa.

De longe pode até parecer uma mistura de omelete com bolo, mas o gosto pode lembrar bem aquele cuscuz paulista. Nele vai, basicamente, farinha de milho, queijo, ovos, cebola, fermento e, opcionalmente, pimenta. Uma delícia!


Chipa

Gastronomia do Paraguai
Chipa

Não muito diferente do nosso pãozinho de queijo, a chipa pode ser consumida no café da manhã, café da tarde, lanchinho da noite, no recreio da escola, no cinema escondido etc. Ela é a queridinha dos paraguaios e há até redes de restaurantes, como o Ña Eustaquia, que difundem esse lanchinho a la paraguaya. Na sua composição vão: polvilho, ovos, fermento, queijo, sal e leite.


Tereré

Gastronomia do Paraguai
Tereré

O tereré é uma bebida muito (muito mesmo) consumida pelo povo local. É a versão do nosso tererê, porém gelado – que pode ser o acompanhamento mais refrescante num dia de verão, quando os termômetros passam facilmente dos 40 graus.

Geralmente as pessoas andam com uma garrafa térmica, carregando água bem gelada, e vão abastecendo suas cuias ao longo do dia. Ou também pode ser comum receber as pessoas em casa e colocar na mesa uma jarra com o chá. A origem do chá é a versão quente, mas há algumas décadas descobriram que tomá-lo gelado seria um pouco mais interessante.

Mas, não é só de pratos típicos que esse povo vive. Nesta parte falemos um pouco do que mais rola nas bocas paraguaias, mais especificamente na galera que, como já disse no início do artigo, vive na capital, Assunção.

Num ritmo frenético de uma cidade de negócios e em constante crescimento, acrescido de uma overdose de gringos, que por algum motivo profissional ou pessoal ali habitam, o que mais se vê é a cultura do fast food, deixando um pouco de lado todo aquele lado comfort, tradicional.


Juan Valdez Café

Gastronomia do Paraguai
Juan Valdez Café

Concorrendo com as outras franquias de café (The Coffee Bean & Tea Leaf e Mary’s Coffee House), o café Juan Valdez, que por sinal é uma franquia colombiana, chama bastante a atenção por possuir um clima bem jovial. Ao pedir o seu café, pode escolher as opções de café americano (fraco), brasileiro (médio) e colombiano (forte).

Realmente, o café dos “copinhos vermelhos” é uma boa opção entre uma refeição e outra. Lá tive a oportunidade de experimentar o café com gelo (adicionei um pouco de creme de leite para não ficar tão sem graça). Há outras opções geladas, como o chai indiano, o cappuccino etc.


Mostaza
 

Gastronomia do Paraguai
Mostaza

Seguindo a onda do “Não é do Paraguai, mas é como se fosse”, apresento a rede argentina de hambúrgueres e cafés, a Mostaza. Por ser um país com muitos argentinos e por apreciarem tanto a cultura dos nossos hermanos, essa rede já inaugurou mais três franquias em menos de quatro meses em Asunción, e não para de crescer. Conhecida por seus combos de tamanho XG, o que é uma medialuninha a mais pra conta?


Donka Donas

Gastronomia do Paraguai
Donka Donas

Essa doceria asuncena – ufa! Ao menos essa é de lá – o Donka é uma ótima opção pra quem curte os docinhos favoritos do Homer Simpson. Lá há opções recheadas com maçã, chocolate branco, doce de leite, entre outras. A doceria fica no centro histórico da cidade e também possui um ambiente bem descontraído. Não enfarte antes de passar lá para provar os diversos donnuts.

 

Portanto, eu poderia me arriscar em dizer que podemos viver dois momentos diferentes dessa cultura, analisadas a partir de tudo o que se consome: o Paraguai tradicional e o globalizado, e que a junção destas duas formas pode trazer uma experiência gastronômica única aos que a degustam.

Leia também: Gastronomia no Uruguai


João Ribeiro

JOÃO RIBEIRO

Trader de formação, colecionador de mapas, de carimbos de passaporte e grande apreciador da cozinha internacional.

Gastronomia do Paraguai
4 (80%) 15 votes

Sabor à Vida

Portal do Estado de São Paulo com tudo sobre Gastronomia: Notícias, TV, Cozinhas, Bebidas, Técnicas, Colunistas, Guia Gastronômico, Receitas, Classificados e muito mais.

Um comentário em “Gastronomia do Paraguai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *